POETA FRANCIS GOMES

POETA FRANCIS GOMES

PALESTRAS, OFICINAS, COMPRA DE OBRAS LITERÁRIAS.

CONTATOS:

contatos:
tchekos@ig.com.br
11 954860939 Tim
11 976154394 Claro

sábado, 23 de dezembro de 2017

O natal nosso de cada dia



Eu sei que é muito bom
Dar e receber presente
É muito bom saber que tem gente
Que não esquece da gente
Mas neste poema lembro
Não espere para dezembro
Para você estar presente

Então ame sem data marcada
Começado por janeiro
Se atrasar um pouquinho
Comece em fevereiro
Ame com alegria
Se possível todo dia
E também o ano inteiro

Natal é época de sonhos
Paz, união, fazer o bem
Abrir o coração para o amor
Receber e dar presentes também
Tornar momentos tristes em risonhos
Mas melhor que realizar o sonhos
É ser o sonho de alguém

É muito bom, bom de mais
Dar e receber presente
Mas tente um carinho, um beijo
Um eu te amo no abraço quente
E verás que todo dia é natal
E o presente fundamental
É ser e estar presente.


Francis Gomes



terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Sagrado e profano


O sexo tem que ser selvagem
Para presa e o predador.
Sem restrições sem limites
Sem frescura sem pudor
Sacano,  obsceno, profano
Mais sexo menos amor.

Falem com atitudes
E a boca se cale.
Os corpos um para o outro
Seja um poema em braile
Para ser lido com as mãos
E  a língua, os mínimos detalhes.

Que não tenha explicação
Tudo que venham fazer,
Que os corpos tremam
E a alma grite de prazer
Que tira a paz e a lucidez
Façam loucuras sem enlouquecer .

Francis Gomes

sábado, 25 de novembro de 2017

25º cordel do poeta Francis Gones

Em breve novo cordel do poeta Francis Goes Deu mandu no forró, capa do meu amigo Wald Ferreira.



...Oxe mas o que fizeram
Que o cabra ficou tão brabo?
- A miseravi da Carmelita
Que ta com fogo no rabo
Tomou Tonhão a pagode
Foi dançar com Zé Bigode
E o bicho virou do diabo.

 - Um macho daquele tamanho
Que mais parece um touro
Virou a gota serena
Achou que era desaforo
Ta virado na peitica
Descascando oiticica
Ta com o diabo no couro

Ta igual cachorro doido
Espumando sem parar
Soltando folgo das venta
Gritando: eu vou matar.
- Do jeito que ta atacado
Se pega aquele abestado
Só Deus do céu pra salvar...



sábado, 18 de novembro de 2017

Complementos





Por mais que tudo pareça contra
Deus nosso destino escreveu
Você nasceu para ser minha
E eu nasci para ser teu
Até um cego pode ver
A parte que me completa é você
E a parte que te completa sou eu


Eu sou o seu objetivo
E você minha grande meta
O que sobra em ti falta em mim
O que sobra em mim te completa
Você é poesia que escrevo e declamo
Sou seu fã, te admiro, te amo
Como homem e como poeta.


Francis Gomes