POETA FRANCIS GOMES

POETA FRANCIS GOMES

PALESTRAS, OFICINAS, COMPRA DE OBRAS LITERÁRIAS.

CONTATOS:

contatos:
tchekos@ig.com.br
11 954860939 Tim
11 976154394 Claro

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Labaredas que não vira cinzas.




Se as pessoas soubessem
O significa da palavra amor
Não saía por aí a torto e a direito
Falando eu te amo.
Não se ama apenas por uma noite
Por um dia, ou um tempo determinado.
Não existe amor eterno enquanto dura,
Se é  eterno  dura à vida toda.
Amor, não é prazer, tesão ou sexo
Que dura uma hora, uma noite e logo passa.
Não. O amor não é furacão que chega
E sai devastando tudo. O amor é como
Uma brisa suave, que está presente
Em todas as estações, no calo, no frio
Na primavera no verão.
Brisa que,
Não é forte nem fraca mas constante.
Todas as manhãs, durante o dia,
Nos fins de tarde e vira a noite.
O amor verdadeiro é algo para viver:
Todas as horas do dia,
Todos os dias da semana,
Todas as semanas do mês,
Todos os mêses do ano,
E todos os anos da vida.
Se não for assim não é amor
É paixão, sexo, tesão. É apenas
Uma labareda alta, mas quando acaba
Fica somente as cinzas.
O amor é a temperatura constante
Fogo sem labaredas.
É uma combustão lenta,
Que queima, queima, mas não vira cinzas.




Francis Gomes





Nenhum comentário:

Postar um comentário