POETA FRANCIS GOMES

POETA FRANCIS GOMES

PALESTRAS, OFICINAS, COMPRA DE OBRAS LITERÁRIAS.

CONTATOS:

contatos:
tchekos@ig.com.br
11 954860939 Tim
11 976154394 Claro

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Dívida Eterna



Meu amigo eu não sei
A onde Isso vai parar.
Vivo pagando encargos
E quanto mais coisa pago
Mais dívidas tem pra pagar.

Pra começar a gente paga
Pra ter direito a nascer.
É a vida inteira pagando
E quando a morte ta chegando
Paga para morrer.

Em vida a gente paga
Telefone, água e luz,
Que Deus do céu nos proteja
Mas dependendo da igreja
Paga pra aceitar Jesus.

Meu amigo é muito imposto
E taxa a nos cobrar
Nem saco furado cabe
Pelo que sabe e não sabe
A gente tem que pagar.

Pelo que tem e não tem
Pelo o que come e não come,
Paga o magro o obeso
Paga o livre e o preso
Paga até pra passar fome,

Pra vestir pra tirar roupa
Para casar e descasar
Pagamos para ir r vir
Pagamos para sorrir,
E tem quem paga pra chorar.

Porque é que você acha
Que já nascemos pelados?
O nosso pai a paga dívida
E a gente vem pra esta vida
Sem nada e endividados.

É duro, mas é preciso
A gente se conformar.
Vivemos para pagar divida
E o que não pagar em vida
Morrendo tem que pagar.

Porque é conta de mais
Não tem cristão que dê cabo
Parece um poço sem fundo
A gente paga pro mundo
Paga pra Deus e pro diabo

É a vida inteira pagando
E morremos endividados
Não tem pra onde correr
Até depois de morrer
A gente paga os pecados


Francis Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário