POETA FRANCIS GOMES

POETA FRANCIS GOMES

PALESTRAS, OFICINAS, COMPRA DE OBRAS LITERÁRIAS.

CONTATOS:

contatos:
tchekos@ig.com.br
11 954860939 Tim
11 976154394 Claro

terça-feira, 21 de junho de 2016

O primeiro é eterno

Quando a gente pensa
Em um amor verdadeiro
Não tem como não lembrar
Do nosso amor primeiro
Da primeira troca de olhar
Do primeiro beijo que dar
Do primeiro abraço ligeiro

Daquele gosto do beijo
Daquele beijo sem gosto
Sem doce, sem sal aguado,
Porém parece composto
De sal e muita pimenta
Que além de queimar esquenta
As faces de todo rosto

É simples e muito singelo
Mas pouco tempo demora
E aquela doce inocência
Logo, logo vai embora,
E entre muitas carícias
Surge no corpo a malícia
Da paixão que nos devora

Então aquela inocência
Que tinha em tempo de outrora
Dar lugar para os desejos
Que na pele quente aflora
Como os raios que surgem
Rompendo pequenas nuvens
Quando vem surgindo a aurora

Assim deste jeito é o amor
Como o sol que aquece
Tem dias que ele brilha
Outros  nem aparece
Mas o amor é tão nobre
Que quando a gente descobre
Nunca mais a gente esquece

Porque o amor verdadeiro
Traz paz, alegria e calma,
Vem do íntimo do espírito
De dentro, vem lá da alma.
Tem dias que nos esquenta
Tem dias que apimenta
E dias que nos acalma.


Francis Gomes


Nenhum comentário:

Postar um comentário